Início do cabeçalho do portal da UFERSA

Assessoria de Relações Internacionais

A participação em programas de intercâmbio para estudo em nível de graduação e pós-graduação, em sua maioria, exige o conhecimento e uso fluente de uma língua estrangeira. As universidades, institutos e empresas estrangeiras exigem uma confirmação de que o candidato tem proficiência no idioma utilizado em suas atividades. Essa exigência pode ser atendida com um certificado de testagem emitido por instituição idônea e reconhecida pela universidade, instituição ou empresa hospedeira. Os principais testes de proficiência em línguas estrangeiras oferecidos no Brasil são:

Resultado de imagem para CELPE-Bras

Desenvolvido e outorgado pelo Ministério da Educação – INEP/MEC, o Celpe-Bras é aplicado no Brasil e em outros países, com o apoio do Ministério das Relações Exteriores – MRE e é a porta de acesso para cidadãos estrangeiros interessados em realizar cursos de graduação ou pós-graduação em universidades brasileiras.

Destinado a estrangeiros e brasileiros, residentes no Brasil ou no Exterior, cuja língua materna não seja a Língua Portuguesa, o Celpe-Bras é o único exame de certificação de proficiência em Língua Portuguesa para estrangeiros reconhecido pelo Governo Federal.

Para mais informações: http://portal.inep.gov.br/acoes-internacionais/celpe-bras

Imagem relacionada

O TOEFL (Test of English as a Foreign Language) é uma prova de proficiência de inglês que tem o objetivo de avaliar o potencial individual de falar e entender o inglês para fins acadêmicos. As universidades nos Estados Unidos requerem o TOEFL dos estudantes estrangeiros que visam ingressar em um programa acadêmico onde o inglês será a língua de ensino. A nota no TOEFL é válida por apenas dois anos.O TOEFL é uma marca registrada da Educational Testing Service (Serviço de Testes Educacionais; ETS). Atualmente, o TOEFL IBT (Internet Based Test) é mais difundido. A prova se divide em 4 partes: Leitura, Compreensão Oral, Expressão Oral e Expressão Escrita cada uma valendo 30 pontos para um total de 120 pontos. É importante verificar qual o valor requisitado pelo programa ao qual o estudante deseja se candidatar. As provas são aplicadas em média três vezes ao mês nos centros credenciados. Mais informações e inscrições no site do ETS.

O TELP (Test of English Language Proficiency) é de propriedade do Departamento de Estado Norte Americano e foi desenvolvido para avaliar a proficiência de inglês somente daqueles que se candidatam a programas patrocinados pelo governo dos Estados Unidos.

O teste é composto de três partes:

– Compreensão Oral (50 questões)

– Gramática e Comunicação Escrita (40 questões)

– Vocabulário e Compreensão de Texto (60 questões)

O teste tem duração de 1h45min e usa pontuação máxima é 150 pontos, sendo ministrados nos centros EducationUSA.

Imagem relacionada

O GRE é o exame utilizado como um dos critérios de admissão em diversos programas de mestrado e doutorado nos Estados Unidos. O teste foi criado e é administrado pela Educational Testing Service (ou ETS, também reponsável pelo TOEFL). O GRE General Test é usado para todas as áreas acadêmicas por não ser um teste baseado em conteúdo e sim em raciocinio lógico por isso é considerado um prognóstico de desempenho em cursos de pós-graduação. O teste geral contém as seções verbal, quantitativa e de redação. Há também outros oito tipos de testes, os “subject tests”, específicos para determinadas áreas (por exemplo, um GRE para Química) mas estes só são necessarios se solicitados especificamente pelo programa. O GRE é feito no computador e é um teste adaptativo, ou seja, apesar do número de questões de cada seção ser fixo, a dificuldade vai aumentando à medida que o candidato acerta as questões. As seções de múltipla escolha têm notas que variam de 200 a 800 pontos cada. O teste é oferecido várias vezes ao mês em centros credenciados. Mais informações e inscrições no site ETS.

25 de junho de 2018. Visualizações: 6469. Última modificação: 01/11/2019 16:42:41