Início do cabeçalho do portal da UFERSA

Assessoria de Relações Internacionais

O que é o IsF?

O Programa INGLÊS SEM FRONTEIRAS foi elaborado a partir da necessidade de se aprimorar a proficiência em língua inglesa dos estudantes universitários brasileiros, com o objetivo de proporcionar-lhes oportunidades de acesso a universidades de países anglófonos por meio do Programa Ciência sem Fronteiras. Para atender tal demanda, suas ações incluem a oferta de cursos a distância e cursos presenciais de língua inglesa, além da aplicação de testes de proficiência.

Essa iniciativa possui um escopo ainda mais abrangente. Fruto do trabalho conjunto entre o Ministério da Educação (MEC), a Secretaria de Educação Superior (SESu) e a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), seu principal objetivo é incentivar o aprendizado do idioma inglês e propiciar uma mudança abrangente e estruturante no ensino de idiomas estrangeiros nas universidades do País.

Quem pode participar?

Estudantes de graduação e de pós-graduação stricto sensu de instituições de ensino superior públicas e privadas, sendo que a participação em cada uma das ações do programa dependerá do perfil de cada aluno, como destacado abaixo:

1. Os alunos de graduação de áreas elegíveis ao CsF das universidades federais contempladas com os Núcleos de Línguas poderão participar de todas as ações do programa IsF: acesso ao My English Online (MEO), participação em aplicações de exames de proficiência e acesso aos cursos presenciais ofertados pelo NucLi de sua instituição, desde que ativos no MEO. Os alunos das universidades federais que são Centros Aplicadores oficiais poderão fazer parte das demandas de aplicação internas da própria IES, quando anunciado em edital do Programa IsF.

2. Alunos de graduação de todas as áreas do conhecimento de outras instituições públicas poderão participar do MEO e da aplicação de testes de proficiência.

3. Alunos de graduação de todas as áreas do conhecimento de instituições privadas poderão participar do MEO, desde que tenham obtido pontuação igual ou superior a 600 no ENEM.

4. Alunos de pós-graduação stricto sensu de instituições públicas e de instituições privadas que tenham seus programas credenciados pela CAPES poderão participar do MEO.

5. Alunos e profissionais que se candidatem ao Programa Ciência sem Fronteiras, e a outros programas da CAPES/CNPq, que incluam em seus editais o exame TOEFL ITP,com agenda prevista para aplicação, terão direito a realizá-lo sem custo.

Quais são as ações e aplicações do Programa IsF?

Nesse primeiro momento de aplicação do programa, há três ações principais:

1. Apoio online por meio do curso My English Online (MEO), financiado pela CAPES, com a distribuição de senhas de acesso a estudantes de graduação e pós-graduação stricto sensu de todo país. Para ter acesso ao MEO, clique aqui.

2. Aplicação de exames de proficiência em Centros Aplicadores credenciados pelo Programa IsF e gerenciados pela SESu e pelo MEC para qualquer programa CAPES que exija o TOEFL como exame de proficiência. Para saber quais são as IES credenciadas oficialmente, clique aqui.

3. Oferta de cursos presenciais de língua inglesa por meio de Núcleos de Línguas fomentados pela SESu e pelo MEC e criados em 45 universidades federais credenciadas. Para saber quais IES são NucLi-IsF, clique aqui.

Fonte: ISF

A UFERSA foi contemplada com Centro Aplicador de exames de proficiência para os candidatos ao Ciência sem Fronteiras e realiza aplicações desde março de 2013.

25 de setembro de 2014. Visualizações: 2696. Última modificação: 25/09/2014 12:16:49