Início do cabeçalho do portal da UFERSA

Assessoria de Relações Internacionais

Fonte: Capes

O que é?

Ciência sem Fronteiras é um programa que busca promover a consolidação, expansão e internacionalização da ciência e tecnologia, da inovação e da competitividade brasileira por meio do intercâmbio e da mobilidade internacional. A iniciativa é fruto de esforço conjunto dos Ministérios da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e do Ministério da Educação (MEC), por meio de suas respectivas instituições de fomento – CNPq e Capes –, e Secretarias de Ensino Superior e de Ensino Tecnológico do MEC.

O projeto prevê a utilização de até 101 mil bolsas em quatro anos para promover intercâmbio, de forma que alunos de graduação e pós-graduação façam estágio no exterior com a finalidade de manter contato com sistemas educacionais competitivos em relação à tecnologia e inovação. Além disso, busca atrair pesquisadores do exterior que queiram se fixar no Brasil ou estabelecer parcerias com os pesquisadores brasileiros nas áreas prioritárias definidas no Programa, bem como criar oportunidade para que pesquisadores de empresas recebam treinamento especializado no exterior.

Objetivos

  • Investir na formação de pessoal altamente qualificado nas competências e habilidades necessárias para o avanço da sociedade do conhecimento;
  • Aumentar a presença de pesquisadores e estudantes de vários níveis em instituições de excelência no exterior;
  • Promover a inserção internacional das instituições brasileiras pela abertura de oportunidades semelhantes para cientistas e estudantes estrangeiros;
  • Ampliar o conhecimento inovador de pessoal das indústrias tecnológicas;
  • Atrair jovens talentos científicos e investigadores altamente qualificados para trabalhar no Brasil.

Metas

De maneira resumida, as metas a serem alcançadas por modalidade até 2015 são:

Além das 75.000 bolsas oferecidas pelo Governo Federal, mais 26.000 bolsas serão concedidas com recursos da iniciativa privada. Portanto, o Programa Ciência sem Fronteiras irá oferecer 101.000 bolsas a estudantes e pesquisadores no País e no Exterior.

Áreas prioritárias
No programa Ciência sem Fronteiras, as áreas prioritárias são:

  • Engenharias e demais áreas tecnológicas;
  • Ciências Exatas e da Terra;
  • Biologia, Ciências Biomédicas e da Saúde;
  • Computação e Tecnologias da Informação;
  • Tecnologia Aeroespacial;
  • Fármacos;
  • Produção Agrícola Sustentável;
  • Petróleo, Gás e Carvão Mineral;
  • Energias Renováveis;
  • Tecnologia Mineral;
  • Biotecnologia;
  • Nanotecnologia e Novos Materiais;
  • Tecnologias de Prevenção e Mitigação de Desastres Naturais;
  • Biodiversidade e Bioprospecção;
  • Ciências do Mar;
  • Indústria Criativa (voltada a produtos e processos para desenvolvimento tecnológico e inovação);
  • Novas Tecnologias de Engenharia Construtiva;
  • Formação de Tecnólogos.

Instituições de destino
Os estudantes e pós-doutores do Ciência sem Fronteiras terão o seu treinamento nas melhores instituições disponíveis, prioritariamente entre as mais bem conceituadas para cada grande área do conhecimento. Essas instituições estão listadas nos principais rankings internacionais, em suas melhores posições.

Caso a instituição de interesse do candidato não esteja presente nessas listagens, deverá ser apresentada, junto com a inscrição, uma justificativa que indique a excelência da Universidade ou Instituto de Pesquisa na área de interesse do beneficiário da bolsa no Programa Ciência sem Fronteiras.

Modalidade de bolsa no exterior

Graduação

Tecnólogo

Treinamento no exterior

Doutorado sanduíche

Doutorado pleno

Pós-doutorado

Modalidade de bolsas no país

Atração de cientistas para o Brasil

Pesquisador visitante especial

Bolsa jovens talentos

Valores de auxílios e bolsas

Bolsa graduação sanduíche

*O Auxílio Material Didático será pago somente para os bolsistas de graduação sanduíche das áreas contempladas do Ciência Sem Fronteiras durante a vigência desse programa

Para o caso de cidades de alto custo*, será concedido adicional na mensalidade da bolsa, conforme valores abaixo (valor a ser pago a partir de julho de 2012):

* As cidades de alto custo serão definidas de acordo com as informações repassadas pelos parceiros e respectivos órgãos de controle de fronteiras.

Documentos para Download

Equipe CsF UFERSA

  • Elizangela Cabral dos Santos (Coordenadora)
  • Anibal de Souza Mascarenhas Filho (Tradutor e intérprete)
  • Maria de Lourdes Fernandes de Medeiros (Pedagoga)

Contatos

csf@ufersa.edu.br

elizangelacabral@ufersa.edu.br

+55 84 9178-3960

Dúvidas sobre as chamadas de Graduação Sanduíche? Entre em contato com o Fale com a Central de Atendimento 0800 616161.

25 de setembro de 2014. Visualizações: 2120. Última modificação: 25/09/2014 12:13:17